Wii U vem ai! E o que temos à ver com isso?

Acabei de assistir a press conference da Nintendo em relação a seu novo (e polêmico) console, o WiiU. Como nintendista, é fácil dizer que estou empolgado já faz um tempo e hoje não podia ser diferente, claro. Mas eu serei o mais imparcial que a hype me permitir hein.

– Wii U
Meu corpo já estava mais do que pronto quando Reggie Fils-Aime subiu ao palco e foi direto ao ponto: as versões disponíveis no lançamento.

O console está previsto nas prateleiras para o dia 18/11/2012, com duas versões.
– A verão branca, Basic, será a mais simples, terá apenas 8GB (!) de memória flash interna, virá com um Wii U Pad e custará US$299,00 (cerca de R$600,00, sem impostos e envio)
– A versão preta, Premium, virá com 32GB de memória flash interna, um Wii U Pad e suporte para o aparelho e pad e custará US$350 (cerca de R$ 700,00, sem impostos e envio).
Os suportes estarão disponíveis para venda à parte, para a versão básica. Ambas versão não vêem com jogos. Ele será completamente retrocompatível com os jogos do Wii e todos os controles deste, mas nada de GameCube. Um minuto de silêncio por este. Além disso, terão a possibilidade de expandir sua memória usando USB ou cartão de memória SD/SDHC de até 32GB.

– Jogos disponíveis no lançamento
Apesar do barulho, nada foi dito sobre Zombie U. O Mr. “My-Body-Is-Ready” confirmou apenas o NintendoLand (que me pareceu muito mais divertido agora do que antes) e o novo New Super Mario Bros U. Sempre mais do mesmo, certo? Bom, quase.

Nintendoland é uma série de mini games, algo que lembra um pouco o Wii Sports, mas mais dinâmico com aquele controle bizarro. Na verdade, o controle pareceu incrível pela forma que foi usado, como se fosse o manche e o visor de uma nave. Haverão minigames cooperativos e competitivos. Foi mostrado um chamado Metroid Blast, bem bacana.

NSMBU é Mario, como sempre. Mas muito mais divertido. Poderão jogar quatro pessoas ao mesmo tempo e uma quinta, com o pad, quebrando alguns puzzles pelas fases. Bem legal!

LEGO City: Undercover. Me recuso a falar disso, não gosto de jogos da série LEGO. Para quem gosta, só pode adiantar: é um GTA à la Minecraft.

– Nintendo TVii
Sim, amigos. TVii (leia isso em inglês hein). E isso pareceu ser muito fera! Aparentemente, será TV por demanda, plataforma própria da Nintendoe  tal, com jogos classificados entre Entretenimento, Esportes e outros. E isso ficou muito fera. Além disso, haverá o gerenciamento através de perfis, que serão facilmente gerenciáveis através da tela no pad.

– Trailers

Primeiro, um teaser MUITO FERA e exclusivo para Wii U: Bayonetta 2! A continuação direta do primeiro volume, lançado para… eh… Eu não sei qual plataforma foi lançado o primeiro, desculpem.

Em seguida, robos e muita coisa super deformed, uma cidade em destruição e um game design que lembra FF Tatics: The Wonderful 101, também exclusivo Bem legal cara, pareceu um mash up de Gundam com Viewtful Joe, dirigido por Michael Bay!

E um da Capcom. Monster Hunter 3, sem trailer, mas anunciado para Wii U também. E, aqui a surpresa: haverá comunicação e interação entre Wii U e 3DS! Crossplay hein!

E a Activision sobe no palco. E o CEO falou sozinho sobre como estavam felizes em trabalhar com a Nintendo e rasgou uma seda lindamente. Ele diz que o Wii U é o videogame mais potente da Nintendo já criado (até aqui, nenhuma novidade). Ai ele falou de Skylanders Giant (projeto, gráficos bem meh para a potência já provada do console), Whipeout 3 (mesma coisa), 007 GoldenEye Legends (muito meh também, impressionante) Ai um jogo dos Transformes e… Nah, nenhum destes empolgou. Mas o último vai empolgar (ou não) os mais hardcores: Call of Duty: Black Ops II (sim, caracters romanos). Ele disse que o jogo será futurista e que aproveitará as caracteristicas do controle. Como seria um FPS naquele controlão?

Eles jogaram na ela do pad e na Tv. Não vou reforçar o fato de que os gráficos estão, sim, pau a pau com os consoles já existentes (é o mínimo exigido, certo?). O controle servirá também como um gadget onde você poderá gerenciar seu inventário e ver mapas e tudo mais. Nenhuma grande novidade. A novidade legal aqui é o multiplayer local. Você poderá jogar em telas separadas o mesmo jogo, seja um na tela e outro no pad ou ambos em pads diferentes (o WiiU vai suportar apenas dois pad conectados ao mesmo tempo). Eu confeso: não sou fã de FPS e não foi isso que me fez mudar de idéia, mas a aplicação do multiplayer local ficou até bacana.

Reggie volta ao palco e diz que, além do Nintendoland e NSMBU, ele não pode garantir que tenha mais jogos, mas que as third-parties se esforçarão para lançar vários outros jogos. E ele menciona muitos. Muitos jogos a serem lançados até Março. E haja bolso! A Activision e a Ubisoft cairam matando, vão lançar uma batelada de títulos para ele, bem como a própria Nintendo (quem não quer jogar aquele Pikmin 3 lindo que eles apresentaram na E3 esse ano?). E vários teasers dos jogos a serem lançados (muitos mesmo!).

Palavra final

Não mudou muito as minhas expectativas em relação ao console. Eu já estava satisfeito com o que tinha visto antes, já estava decidido a comprá-lo antes mesmo deste video. Para quem é um hater de coração, essa conference não mostrou nenhuma grande novidade, mas uma coisa eu posso lhes dizer: se você não acredita no Wii U por causa de gráficos, prepare-se para ter seu cérebro derretido. E se não acredita por causa do controle, espere a concorrência fazer alguma coisa parecida com o oferecido pela Big N, mas sabendo que nunca será um Nintendo.

Há braços, seus lindo!

Related Post

FoulFuhrer

Estudante de Gestão de TI, analista de suporte técnico bilíngue, nintendista, espadachim lendário, sushiman em treinamento, colecionador de Cloth Myth, aspirante a comandante de navio pirata e especialista em mapeamento urbano. E agora me aventurando pelo mundo maluco dos blogs. E tal.

  • venom

    meu corpo está pronto para pensar e pegar um desses quando sair, bom post abs