// O corpo do texto deve ficar no lugar deste comentário. //
Sonic 4 Episódio II – Quase resgata os tempos de ouro | HardLevel

Sonic é um personagem bacana, já nos rendeu muitos momentos de diversão desde seu debute no Master System no começo da década de 90, depois passamos pelo Mega Drive, tivemos mais excelentes games, já na era do Saturn, passou um pouco em branco, pra então aparecer em outros bons jogos no Dreamcast, depois disso, nos últimos 13 anos as coisas não andam muito fáceis pro nosso querido mascote azul.

Sonic esperando
Sonic esperando lançarem um jogo dele que preste…

Sonic tem protagonizado jogos ruins, cheios de bugs que comprometem a jogabilidade e ainda repetitivos, com pouca inspiração, principalmente os que são em 3D onde basta correr pra frente e usar o homming attack as vezes até chegar no final da fase.

Claro, houveram exceções, Sonic Colors para Wii é bom, os games de Gameboy Advanced tinha lá seus momentos divertidos também, os de DS eram OK. Ao mesmo tempo que vimos coisas bizonhas, como Sonic Unleashed e Sonic The Hedgehog para Xbox 360 e PS3.

Sonic Generations
Sonic Generations foi o único que conseguiu resgatar os bons tempos do personagem.

Mas vem a Sega todo ano e anuncia um novo jogo, e em cada anuncio a mesma promessa de trazer o ouriço azul de volta aos tempos de glória, porém nem sempre é o que acontece, infelizmente.

No longínquo ano de 2010 (tá, nem tanto…) heis que surge Sonic 4, continuação de um clássico para Mega Drive, totalmente em 2D na jogabilidade e com visual 3D, porém não era aquele Sonic barrigudinho, fácil de controlar, sem muitos movimentos, e sim o Sonic moderno, com física estranha e ataques tele-guiados, não que isso seja ruim, mas não era o que muitos esperavam.

O jogo de fato resgata muita coisa, como as fases longas com vários caminhos para serem escolhidos, bônus clássicos para pegar as esmeraldas entre outras coisas, mas um pequeno detalhe colocou quase tudo a perder: a física.

O jogo tem uma física estranha, não é nem de longe parecida com os clássicos, Sonic demora pra pegar velocidade, se você soltar o direcional ele pára na hora, é estranho.

Muitos reclamaram e a Sega resolveu ouvir e prometeu um Episódio II para corrigir  as cagadas os problemas, e quase dois anos depois, chegou o novo game.

Será que os problemas foram resolvidos? O jogo está mais com a cara dos tradicionais clássicos da era 16 bits? Sim e não, ou melhor, quase.

Tails está de volta
Tails está de volta no Episódio II

A física foi levemente melhorada, mas ainda não está ideal, está apenas um pouco mais ágil, apenas isso, mas outros detalhes podem compensar isso, vamos ver:

Agora temos a companhia de Tails, assim como Sonic 2;

Existem movimentos em dupla que podem variar um pouco mais o gameplay, como o Tails voar por alguns segundos carregando o Sonic, ou um ataque giratório que derruba quase tudo o que tiver pela frente;

As fases são bem mais desafiadoras, existem partes que chegam a dar raiva de tão difíceis, pra mim esse era um dos piores pontos do EP1;

Os bônus também são iguais ao de Sonic 2.

Bônus a la Sonic 2
Bônus a la Sonic 2

O jogo ficou melhor, vale a pena dar uma conferida, se você não jogou o Ep1, talvez nem compensa, vá direto para o Ep2, você poderá se divertir com ele se não for tão fresco exigente.

O jogo está disponível para PS3, Xbox 360, PC, Android e iOS.

Segue abaixo um vídeo de gameplay do terceiro mundo com os 4 atos, vale a pena dar uma conferida e ver os pontos positivos que levantei acima.

Se curtir o vídeo, clica em curtir e favorite para me ajudar na divulgação, se não for inscrito do canal, se inscreva para acompanhar meus vídeos :3

[youtuber youtube=’http://www.youtube.com/watch?v=RUclCnxdiwI’]

 

 

 

Related Post

Author Venão
Published
Categories Destaque Games PC PS3 X360
Views 151

Relacionado

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Show Buttons
Hide Buttons