PlayHard – Duke Nukem Forever

Foram 12 longos anos de espera, mas finalmente ele chegou. Passou por mudanças de engine, produtora, plataformas, tudo o que poderia acontecer num dos desenvolvimentos de jogos mais conturbados de todos os tempos, mas ele chegou.

A espectativa era muito grande, não era um jogo qualquer, era Duke Nukem, continuação mais ou menos direta do sucesso absoluto da metade da década de 90, Duke Nukem 3D. Quando a Gearbox assumiu o barco depois da falência da 3D Realms, o hype foi supremo, todos começaram a ver uma luz no fim do túnel. Mas será que o jogo foi tudo isso?

Sim e não. O jogo é Duke Nukem, o mesmo personagem canastrão que tem um mojo de dar inveja a todos os homens da face da Terra, muitos palavrões, piadinhas machistas e tudo o que se pode esperar de um bom e velho Duke Nukem estava lá, incluindo os alienígenas com cara de porcos e armas estranhas.

Porém o jogo parece ter sido lançado numa época errada, os gráficos não são de um jogo de 2011, parece algo lançado em 2005 ou 2006, gráficos borrados para disfarçar serrilhados, além disso, pouco inova, ou melhor, quase nada de inovação, se não fosse pela força do personagem, seria apenas mais um shooter mediano.

Uma novidade que pode desagradar muita gente foi a limitação de armas, podemos usar apenas duas, a munição muitas vezes é escassa e nos vemos em situações de ir para cima dos inimigos no mano-a-mano, por sorte dois socos são suficientes para derrubar muitos inimigos.

A dificuldade é elevada, será um teste de tentativa e erro em muitos momentos, principalmente em partes que teremos vários inimigos ao mesmo tempo pela frente. Há alguns quebra-cabeças, coisas básicas, que servem ao menos para dar uma pausa nos tiroteios constantes, mas nada demais, mover algumas estátuas, empurrar objetos, entre outras coisas. O jogo ainda tenta variar um pouco com partes de veículos, porém mais enche linguiça do que diverte, partes desnecessárias e longas.

Confira o gameplay comentado do HardLevel:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=zcglGWKXbYM[/youtube]

Enfim o jogo não é de todo ruim, talvez tenha sido mal recebido por ter sido lançado em 2011 com um corpinho de 2006, vale a pena pelo menos dar uma olhada, as vezes aparece em promoção no Steam, mas não será um jogo que você irá jogar muitas vezes.

Related Post

Duke Nuken Forever pode estar em produção pela Gea... Jogo que já virou até piada no ramo pelo seu longo período de produção, 13 anos, estava sem notícias desde de maio do ano passado quando a 3D Realms ...
PlayHard #4.1 – DayZ, Sobrevivendo no limite Issâe chegando PlayHard 4, mas dessa vez um pouco diferente, será uma série de vídeos em 3 capítulos (muito mal cortados lol).Eu (Venom) e Mautrix...
PlayHard #7 Coop no F3AR (Fear 3) Dae pequenos gafanhas, novo vídeo na área, vamos dar um tempo nos vídeos de DayZ que vocês todos nosso leitores, sim todos os 2, já devem estar de sac...
PlayHard – Street Fighter X Tekken Primeiro vídeo do meu canal HardLevel BR, e pra começar bem, mostro um pouco do jogo que peguei ontem, joguei um pouco (mentira, joguei pra caralho mu...

Venão

Gamer que começou com um Master System e passou por todas as gerações após isso. Podcaster, Youtuber e Web Developer.